quarta-feira, 5 de setembro de 2012

É ilusão. Não cura.


Quem já amou de verdade e sofreu ao menos uma vez, jamais vai ter o coração curado. É como se ele virasse um papel amassado e, por mais que a gente tente, esse papel nunca vai ficar liso de novo. É ilusão achar que você vai se curar pra um novo amor. Não se cura. A ferida pode até cicatrizar, mas a marca vai continuar ali. Do que você precisa é de coragem pra viver um novo amor, pra se entregar e escrever uma nova história naquele papel amassado, ainda que saiba que ele pode se amassar ainda mais. 

É ilusão. Nunca cura. Você só precisa estar disposto a seguir em frente com uma nova relação, ainda que pareça difícil ser como antes, ainda que você ache que não vai ser. Relacionamentos exigem disposição de estar ao lado apesar de. Todo mundo vem quebrado. Todo mundo tem bagagem. Novo em folha só se você for capaz de colocar amor no coração de quem nunca foi capaz de senti-lo. E talvez esse alguém seja ainda mais quebrado. 

É ilusão. Nunca cura. Você só tem que seguir em frente e amar de novo se encontrar uma pessoa que te faça sentir vivo, que te lembre que quando você sente saudades, vale a pena ligar porque vocês se gostam e vão dar um jeito de se ver, que queira estar ao seu lado mesmo sabendo que você está quebrado. E, especialmente hoje em dia, é muito difícil encontrar pessoas com esse querer.  

É ilusão. Nunca cura. Mas a gente precisa seguir em frente e encontrar uma maneira de voltar a viver. 

2 comentários:

  1. Belo texto, Mari. Belo e verdadeiro! É verdade, não tem cura, mas deixa cicatrizes, felizmente cicatrizes não doem. Aos poucos as forças voltam e a coragem para mergulhar na vida outra vez também. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definitivamente o que a vida quer da gente é coragem :)

      Excluir

What you share with the world is what it keeps of you - O que você compartilha com o mundo é o que o mundo guarda de você.